Vinhedo tem sido alvo de frequentes assaltos nos últimos meses, principalmente à comércios e residências. Houve também um caso de assalto ao caixa eletrônico, mas os ladrões não conseguiram finalizar o roubo. Vinhedo tem várias caraterísticas que atraem esse tipo de ação, uma cidade com renda per capita alta (Vinhedo ocupa o nono lugar no ranking de renda domiciliar, perdendo para cidades como Valinhos e São Caetano do Sul), o alto número de condomínios de alto padrão, a proximidade com grandes centros urbanos como São Paulo e Campinas e ainda por ser uma cidade pequena o efetivo policial não é tão grande.

O Governo de Santa Catarina tem uma ótima cartilha para esse tipo de instrução,  e conta também com uma tabela de checklist para você saber se seu comércio está seguro [confira aqui]

Além das ações de políticas públicas de segurança e contenção, alguns hábitos em sua casa e comércio são importantes para garantir maior segurança e menor risco de sofrer com essas ações. O CICERONE separou 6 dicas para seu comércio e sua casa que podem te proteger mais desses tipos de ações.

 

COMÉRCIO

1)    Conheça os seus riscos

Você é quem melhor conhece o seu comércio. Portanto, o primeiro passo para evitar assaltos e roubos é avaliar criteriosamente as vulnerabilidades do seu estabelecimento para poder se prevenir. Para isso, é importante prestar atenção em cada detalhe que possa facilitar a ação criminosa, como, por exemplo, áreas sem monitoramento, prateleiras escondidas, itens leves, pequenos ou fáceis de esconder, áreas pouco iluminadas, e até a falta de estratégia no posicionamento de peças de valor.

É importante manter os itens da loja expostos em áreas de fácil visualização, para que se perceba rapidamente caso algo seja retirado do lugar

2) Cuidado com o caixa

Um dos principais passos de segurança para evitar assaltos e prejuízos no comércio é não guardar muito dinheiro no estabelecimento. Mantenha o caixa com valores mais baixos e guarde o restante no banco ou em cofres fora do estabelecimento comercial. Desta forma, além de proteger o seu patrimônio, você minimizará os prejuízos do seu estabelecimento no caso de uma ação criminosa.

3) Treine os seus funcionários

A sua equipe pode ser uma grande aliada na hora de prevenir assaltos no comércio. Combine uma maneira discreta de comunicar quando alguém perceber algum movimento estranho, para que todos fiquem mais atentos — é importante que o “código de segurança” da equipe não seja óbvio para não alertar o ladrão. Outra dica é sempre fazer contato visual e cumprimentar quem entra na loja, pois as pessoas mal-intencionadas gostam de agir de forma anônima e ficarão constrangidas por essa atitude.

4) Mantenha o controle do estoque em dia

Muitos dos roubos que acontecem no comércio demoram dias para serem descobertos. Para evitar essa situação, mantenha o controle do estoque sempre em dia e tente fazer a conferência dos itens no fim do dia. Assim, você vai perceber imediatamente quando algo estiver faltando.

5) Reforce a segurança

O comércio é vulnerável a roubos e assaltos — tanto durante o funcionamento como depois. Por isso, é imprescindível reforçar a segurança nas portas e janelas, usar cadeados e travas de segurança no estoque e investir em grades, correntes e cadeados para dificultar a ação de bandidos durante a noite, aos fins de semana e nos outros momentos em que a loja estiver vazia.

6) Invista em um Sistema de Monitoramento

A melhor maneira de coibir a ação criminosa – tanto durante o funcionamento do seu comércio quanto nos momentos em que as portas estiverem fechadas – é investir em um bom sistema de segurança, com alarme, câmeras e monitoramento ininterrupto. Essas ferramentas ajudam a intimidar as pessoas mal-intencionadas, pois o risco de ser identificado e pego é maior. Além de investir nestes equipamentos, não se esqueça de sinalizar colocando placas e avisos de segurança, que também contribuem para evitar assaltos e espantar os criminosos.

Além de investir no circuito de câmeras, é interessante contratar um serviço de segurança com monitoramento 24 h, com profissionais qualificados para monitorar o comércio o tempo todo e te alertar de qualquer situação anormal. Com essas dicas simples, você melhorará a segurança do seu estabelecimento, diminuindo as chances de assaltos, roubos e prejuízos.

 

RESIDÊNCIA

1)     Nada de conversa com o portão aberto

Em vez de ficar conversando do lado de fora com tudo aberto – já é uma situação de perigo -, entre, tranque o portão e depois comece a conversa em um local seguro.

 

2)     Portão automático

A primeira coisa é não ter que chegar e descer do carro para abrir o portão. Então, instale um portão automático para diminuir o seu teu tempo de exposição na rua.

 

3)     Sistema de segurança

Invista em um sistema de segurança com os vizinhos. Se muitas casas da região foram assaltadas, junte as moradores e faça um pacote. O ideal é que todas as casas instalem câmeras, assim os equipamentos sairão mais baratos. Você pode enxergar imagens de duas casas, de outras duas casas e vice-versa. Informar os vizinhos quando estiver viajando ou estiver fora também é uma ótima ação!

 

4)     Divisa com terreno baldio

Se sua casa faz divisa com um terreno baldio, instale uma cerca elétrica ou alarme para assustar os bandidos. Coloque algo que dificulte a vida do criminoso. Um cão de guarda também sempre ajuda!

 

5)     Iluminação

Mantenha a parte externa da casa bem iluminada até mesmo com holofotes.

 

6)     Cuidado ao chegar em casa

Tome muito cuidado com algumas atitudes. Não entre em casa se desconfiou de alguma coisa. Dê a volta e ligue para alguém de casa para saber se está tudo em ordem.

 

Quer saber que empresas oferecem esse tipo de serviço? Entre em contato com o CICERONE pelo tel (19) 38860865 ou pelo email contato@ciceronevinhedo.com.br.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.