A cada dez carros que foram furtados ou roubados neste ano, na RMC (Região Metropolitana de Campinas), seis não foram encontrados. O índice de recuperação de janeiro a setembro de 2016 é inferior ao registrado no mesmo período de 2015. De acordo com especialista, o índice de recuperação não está relacionado, necessariamente, a uma investigação específica por parte da polícia para reavê-los. O levantamento foi feito com base nos dados divulgados pela SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo).

Das 20 cidades da RMC, 11 apresentaram redução no índice de recuperação de um ano para o outro. São elas Vinhedo, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Nova Odessa, Paulínia e Sumaré.

Até setembro deste ano, 11.154 veículos foram furtados ou roubados na RMC, sendo que apenas 4.858 foram recuperados, ou seja, 43,6% do total. Em 2015, foram 10.413 casos de roubo e furto de veículos, com 5.134 sendo recuperados (49,3%).

Monte Mor foi a única cidade que teve mais carros recuperados do que crimes desse tipo cometidos nos dois períodos comparados.

De janeiro a setembro, foram 80 roubos e furtos, contra 81 veículos recuperados no município. No mesmo período do ano passado, foram 83 registros de furto e roubo, e 104 veículos recuperados.

A segunda cidade melhor colocada foi Nova Odessa. Porém, o índice de recuperação caiu de 70,6%, em 2015, para 57,7% em 2016. A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil da cidade para obter um posicionamento na tarde de sexta-feira, mas o delegado titular Edson Antonio dos Santos não estava na unidade e não foi fornecido um número de contato.

Vinhedo foi a cidade que teve a maior redução percentual no índice, caindo de 64,8% no ano passado para 33,3% este ano.

O município que menos recupera veículos foi Jaguariúna. Foram 122 furtos e roubos, e apenas 13 recuperados, representando um índice de 10,7%.

A reportagem não conseguiu contato com os representantes da Polícia Civil das duas cidades até o fechamento desta edição.

O 48º BPMI (Batalhão de Polícia Militar do Interior), responsável pelas cidades de Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa e Sumaré, foi procurado pela reportagem na sexta-feira, porém foi informado que o batalhão só poderia se pronunciar na segunda em virtude do feriado do Dia do Funcionário Público.

 

Fonte: TodoDia / Uol

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.