Em 12 de Junho, nós, brasileiros, comemoramos o Dia dos Namorados. Embora a nomenclatura da data no país não nos forneça muitas dicas, temos uma boa ideia da história da celebração quando a analisamos com os olhos de outras nações.

Em Portugal, como é de costume na Europa, comemora-se o Dia dos Namorados em 14 de fevereiro. Por lá, o festejo recebe o nome Dia de São Valentim, um bispo cristão que se teria rebelado contra as ordens do imperador Claudio II, o qual proibira a realização de casamentos por acreditar que, durante as guerras, os solteiros seriam melhores combatentes. Não por acaso, Valentim foi tomado como mártir dos enamorados.

Em terras tupiniquins, reserva-se a data ao 12 de Junho por ser véspera do Dia de Santo Antônio, um santo português com fama de casamenteiro. Seja como for, aqui ou em outras partes do globo o Dia dos Namorados é uma das datas mais tradicionais do ano. É comum a troca de cartões, presentes ou bombons entre apaixonados, sejam eles casais de muitos anos ou pessoas ainda buscando se envolver. Neste segundo caso, o envio de lembranças é uma oportunidade de atrair a atenção do interesse amoroso.

Chegando até nós em uma época de clima frio, uma das boas pedidas para a noite de Valentim é sair para jantar em um restaurante acolhedor. Bebidas quentes e lareiras são opções interessantes disponíveis em alguns ambientes. A sobremesa pode incluir chocolates dados de presente para seu acompanhante. Muitas empresas desenvolvem quitutes especiais para o dia 12; usam desde ingredientes afrodisíacos até o formato de coração para a estética do doce. Não se esqueça do cartão! Você pode encontrá-lo em papelarias, livrarias e shoppings.

Outra opção é reservar uma viagem curta com seu amor. O final de semana pode ser ocupado como um hiato de descanso e detox do cotidiano. Alguns Spas oferecem pacotes interessantes para casais, basta pesquisar! Ainda no quesito momentos marcantes, você pode presentear aquela pessoa especial com experiências. Um salto de paraquedas, por exemplo. Com toda a certeza, sua namorada ou namorado nunca irá se esquecer de algo assim.

Nada disso funcionando, ainda se pode recorrer a lembranças como filmes, sapatos ou roupas quentinhas. Cachecóis, lenços e echarpes são elegantes e serão úteis para todo o outono-inverno. Livros com dedicatórias à mão também são campeões da categoria. Não se esqueça, porém: o carinho é sempre a melhor parte do presente.

 

Texto: Nina Carvalho

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.