Neste dia 30 de abril é comemorado o Dia Nacional da Mulher. Pouco difundida no Brasil, a data faz uma alusão a Jerônima Mesquista, líder do movimento feminista no país e fundadora do Movimento Bandeirante. A inciativa social tinha como objetivo principal promover a inserção da mulher em todas as áreas da sociedade. Jerônima Mesquita esteve também envolvida na criação do Conselho Nacional das Mulheres. O Dia Nacional da Mulher foi instituído em 1980, pela lei 6.971/1980. A data foi escolhida por ser o dia do nascimento de Jerônima Mesquita.

A comemoração deste dia é um reforço à luta pelas questões de gênero. Bem como diversos movimentos sociais, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco acredita que a difusão desta data seja de suma importância para que a mulher alcance cada vez mais o espaço que lhe é de direito.

A luta pela igualdade de gênero acompanha o Sintepe desde sua criação, há 25 anos, e ganha força todos os dias com as ações e engajamento da Diretora para assuntos de gênero do sindicato.

Assim como o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, o Dia Nacional da Mulher também homenageia e lembra a luta das mulheres na conquista de seus direitos.

Infelizmente, o Dia Nacional da Mulher não é devidamente difundido no país. A data acaba por ser ofuscada pelo Dia Internacional da Mulher que, nos últimos anos, desviou-se do seu caráter político e passou a ser visto como mais uma data comercial.

O combate ao sexismo, à misoginia e a todos os outros tipos de discriminações contra o gênero feminino é o alvo central dos debates que ocorrem neste dia, seja em escolas ou em instituições, com foco na luta pela igualdade.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.