Efetuar treinos, passeios e até uma breve passagem com a bike por rodovias exige do ciclista atenção extra. O risco é sem dúvida bem maior do que pedalar por estradas de terra e na cidade, devido à alta velocidade dos veículos (carros, motocicletas, caminhões) que se cruzam pelo caminho. Muitas vezes, mesmo trafegando no acostamento, e no sentido correto do trânsito, a rajada de vento causada por caminhões em alta velocidade pode desequilibrar, ou simplesmente assustar um ciclista desatento, causando quedas ou o risco de ser sugado para dentro da pista e ser atropelado por outros veículos.

Algumas dicas de segurança são:
– Evitar o uso de fones de ouvido ou música alta em celulares durante o pedal, pois pode abafar o som de algum veículo se aproximando ou mesmo buzinando pra você por algum motivo.
– Estar sempre atento ao trânsito; em rodovias de mão dupla e estreitas, uma simples ultrapassagem de veículos vindo na direção contrária pode gerar altos riscos para um ciclista… Mesmo trafegando no acostamento.
– Equipamento indispensável sempre: capacete, luvas e óculos.
– Adesivos refletores ajudam muito à chamar atenção dos motoristas, até durante o dia.
– Pedalar sempre no sentido do trânsito.
– Evite pedalar lado-à-lado com outro ciclista.
– Faróis, lanternas e piscas ajudam bastante. 
– Tempo chuvoso torna o asfalto escorregadio, evite trafegar sobre as faixas de sinalização (nos cantos da pista ), elas viram verdadeiras armadilhas em caso de manobras bruscas. Melhor ainda, se possível, evite trafegar durante a chuva, a visibilidade dos motoristas se torna muito reduzida, podendo não perceber o ciclista à sua frente!
– Cuidado com os entroncamentos entre a rodovia e estradas rurais. Veículos podem surgir de repente não dando tempo para desviar, mantenha-se atento!
– Mantenha distância de pessoas caminhando no acostamento. Elas podem não perceber a aproximação do ciclista e se assustarem, pulando inclusive no sentido da bicicleta, causando sérios acidentes.
– Caso esteja pedalando com outros ciclistas, é importante a comunicação entre todos sobre a aproximação dos veículos, buracos, pessoas e animais pelo caminho.
– Treine olhar para trás sem alterar o curso retilíneo da bicicleta.
– Nunca pedale à noite por rodovias sem o uso de lanternas, faróis e equipamentos com refletores em roupas, rodas e onde mais for possível.
– Em trevos, respeite a sinalização como se fosse um veículo automotivo, realizando as manobras corretas. Isso reduz em muito a possibilidade de acidentes!
– Em algumas rodovias (ou trechos) é proibido o tráfego de bicicletas. Portanto, observe atentamente a sinalização.
– Antes de desviar de buracos, animais mortos e objetos no acostamento, diminua a velocidade e observe se não há aproximação de algum veículo.
– O asfalto é um tapete para se alcançar altas velocidades, porém lembre-se: as quedas nele são muito mais doloridas e perigosas! Portanto prudência!
 

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.