Dezesseis trabalhadores demitidos da empresa Go Pack, de Vinhedo, ocuparam a fábrica na manhã de ontem, quinta-feira (18). Segundo o Sindicato dos Químicos de Vinhedo, cerca de 30 funcionários foram demitidos durante a greve do setor e ainda não receberam fundo de garantia e seguro desemprego. A produção da empresa de embalagens está parada, segundo a entidade.

O sindicato afirma, ainda, que outros 25 funcionários da empresa cruzaram os braços em apoio aos colegas demitidos.

Segundo o diretor do sindicato Diego Henrique, a ocupação continuará até que os funcionários sejam recontratados ou recebam o pagamento integral. A PM (Polícia Militar) foi ao prédio, que fica na Rua José Rezende Meirelles, bairro Santa Cândida, negociar com os trabalhadores e permanece no local.

Os funcionários foram demitidos entre dia 2 e 3 deste mês, segundo Henrique. Ele afirma que nada foi pago até esta quinta.

“Temos pai, mãe de família que chegaram até a pedir dinheiro aqui. A situação é complicada”, afirmou o diretor. Segundo ele, a empresa presta serviço para a 3M e, mesmo após as demissões, manteve a produção.

Contatada, a empresa informou que não se manifestaria até que seus advogados definissem qual atitude tomar diante do caso.

 

Fonte: TodoDia

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.