Fase Vermelha: O que abre e fecha em Valinhos

A Prefeitura de Valinhos antecipou a fase vermelha para a zero hora desta sexta-feira (5), permanecendo até o dia 19 deste mês. Valinhos mantém as regras de restrição de circulação (com barreiras sanitárias) no período das 20h00 às 5h00. O atendimento público presencial nas repartições públicas também estão suspensos durante a fase vermelha.

Por decisão da prefeita Capitã Lucimara, a cidade também se prepara para implantar no CEV I (Centro de Especialidades de Valinhos) 8 a 12 leitos de enfermaria, para auxiliar no atendimento aos valinhenses. Os trabalhos para a implantação emergencial já se iniciaram e a previsão é de que a cidade tenha estes novos leitos em 10 dias. Também está em estudo a implantação de um hospital de campanha, que deve contar com 30 leitos de enfermarias, 5 semi-intensiva e 5 UTI´s. 

A decisão de antecipar a fase vermelha, em Valinhos, para esta sexta-feira se deve a situação do município que passa, desde janeiro, por ocupação total de leitos de UTI (em alguns dias com mais de 100%) e, nos últimos dias, também de enfermaria. Na estrutura da UPA (onde foi criado 6 novos leitos, num primeiro momento, e mais outros 4, numa segunda ação, totalizando 26 leitos), a situação também é de ocupação máxima, chegando até a 19 pacientes com suspeita de Covid em observação, na unidade, nesta semana.

Abaixo, veja o que pode funcionar e o que não pode:

Podem funcionar:

Saúde:
Hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas, óticas, lavanderias e estabelecimentos de saúde animal (Petshops, preferencialmente delivery e serviços de banho e tosa, preferencialmente com horário agendado);

Alimentação:
Supermercados, hipermercados, açougues, padarias, mercados, minimercados, mercearias, hortifrutigranjeiros. É vedado o consumo no local;

Bares, lanchonetes, restaurantes, quiosques e trailers: serviços de entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive-thru).

Válido também para lojas em postos de combustíveis; sendo proibida a venda de bebidas alcoólicas após às 20h;

Abastecimento:
Cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção;

Logística:
Estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos;

Serviços gerais:
Lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais;

Segurança:
Serviços de segurança pública e privada;

Comunicação social:
Meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens;

Construção civil, agronegócios e setor das indústrias:
Sem restrições;

Advogados e profissionais da saúde:
No exercício da função.

Comércio:
Delivery e Drive-thru apenas.

NÃO podem funcionar:

Comércio de rua; 
Shoppings;
Bares;
Restaurantes;
Salões de beleza e cabeleireiros;
Academias;
Centros esportivos;
Clube sociais;
Parques públicos;
Bibliotecas e espaços públicos em geral.
Igrejas (cultos e missas somente on line; as igrejas podem estar com as portas abertas para atendimento individual);
Escolas, apenas aulas on line;

A venda de bebidas alcoólicas é proibida a partir das 20h00.
Serviços de delivery e drive-thru (sem descer do carro) são permitidos.

Serviços da Saúde no Município:

Centro de Especialidades Odontológicas (CEO):

– O plantão aos sábados atenderá mediante entrega de senhas; 

UBS:

–  As consultas odontológicas eletivas serão suspensas e os atendimentos serão apenas para urgências e emergências;

– Manteremos os atendimentos médicos;

– Haverá a redução de 50% na coleta de exames laboratoriais de rotina.

CEVs 2 e 3:

– Serão suspensos os atendimentos da especialidade de Cirurgia plástica.

*Estão suspensos todas as reuniões, inclusive os grupos de trabalho dos conselhos comunitários de saúde nas UBS.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.