O presidente da Fifa, Gianni Infantino, propôs a realização de um torneio que na prática seria uma mini-Copa do Mundo, com a participação de oito seleções, a cada dois anos, além do tradicional Mundial realizado de quatro em quatro anos.

O torneio, conhecido como Final 8 , seria a fase decisiva de uma Liga de Nações, projeto que faz parte de um plano ambicioso para reformar o calendário das seleções de futebol, e a Fifa acredita que teria valor de US$ 25 bilhões em um ciclo de 12 anos.

Em uma carta vista pela Reuters, Infantino disse que um grupo não identificado de investidores propôs investir US$ 25 bilhões para obter os direitos sobre o torneio, que aconteceria em outubro e/ou novembro a cada ano ímpar começando em 2021.

A Copa das Confederações, atualmente realizada a cada quatro anos no ano anterior à Copa do Mundo, seria abolida.

* Via O Globo

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.