Governo de SP recua sobre fase vermelha depois de pedido de prefeitos da RMC

Gestão Doria alega estabilidade em mortes e casos e diz que deverá revogar decreto que coloca todo o estado na fase vermelha, a mais restritiva, aos sábados e domingos e das 20h às 6h nos dias úteis. Mudanças vão ser anunciadas nessa quarta (3).

O governo de São Paulo declarou na última segunda-feira (1°) que deverá revogar, na próxima quarta (3), o decreto que inseria todo o estado na fase vermelha do Plano SP aos finais de semana e das 20h às 6h nos dias úteis. 

A ação foi alvo de crítica de diversos comerciantes em várias cidades da região. Prefeitos e prefeitas da RMC, inclusive o de Vinhedo, Valinhos e Itatiba, participaram de carta endereçada ao Governo de SP pedindo algumas considerações referente ao recrudescimento do plano aos finais de semana, alegando ser um ato negativo para o comércio.

Pela previsão inicial, anunciada no dia 22 de janeiro, a medida permaneceria em vigor até o dia 7 de fevereiro. 

A mudança ocorrerá caso seja mantida a estabilidade de casos e mortes e a queda no número de novas internações por Covid-19 alegadas pelo governo paulista.

“Na próxima quarta-feira o governo do estado de São Paulo vai anunciar mudanças nas medidas de restrição complementares do Plano São Paulo. Com duas semanas consecutivas no número de internações, e caso este cenário se mantenha em queda, na próxima quarta-feira (3), vamos anunciar medidas de suspensão das restrições impostas pelo Plano São Paulo relativas aos horários de funcionamento do comércio, shoppings, restaurantes, bares, inclusive aos finais de semana”, disse o governado João Doria (PSDB) durante coletiva de imprensa nesta segunda (1°).

De acordo com a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, as medidas temporárias de maior restrição são complementares à reclassificação do Plano SP e, com a melhora nos índices, poderão ser suspensas. 

“Na última semana houve uma queda de 8%, acumulada com a queda da semana anterior que foi de 4%. Isso mostra que as medidas estão funcionando, estão dando resultado. E nós tínhamos nos comprometido também que se a estabilidade se mantivesse, nós iríamos revisar as medidas complementares do Plano São Paulo. O que são estas medidas complementares: anunciamos na semana passada que operaríamos na fase vermelha durante os fins de semana em todo o estado, além de todos os dias após as 20h. Com essa estabilidade se mantendo até a quarta-feira, o que teremos é a suspensão dessas medidas complementares”, disse a secretária. 


No final da tarde de segunda(1), os Prefeitos da RMC receberam carta do Secretário de Desenvolvimento Regional, Sr. Marco Vinholi, que reproduzimos na integra aqui:

Caros prefeitos da Região Metropolitana de Campinas,

Cabe-me informar, em resposta ao documento elaborado pelos senhores e encaminhado ao governo estadual na última sexta-feira (29), que recebi do secretário de Desenvolvimento Regional, Sr. Marco Vinholi, a informação de que o Estado vai seguir o Plano Nacional de Imunização, que prevê, neste momento, preferência para vacinas apenas com relação à idade.

Já sobre o horário de funcionamento do comércio em geral, mais uma reivindicação dos senhores no mesmo documento, o posicionamento que o secretário sr. Marcos Vinholi me passou é é o mesmo que o governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (1), de que o Estadodeverá flexibilizar sim, as medidas impostas, acabando. como a fase vermelha final de semana e entre as 20h. e. 6h, o que representa um vitória dos senhores.

Doria faz o novo anuncio emColetiva nessa quarta (3) não horário. do almoço.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.