A integração entre a Guarda Civil Municipal, corporação da Secretaria de Transportes e Defesa Social, com as polícias Civil e Militar, foi reforçada pelo prefeito Jaime Cruz nesse começo de ano. As principais ações até agora são as blitz realizadas na cidade.  Uma delas foi realizada nesta última quinta-feira, 23.

Participaram das operações o secretário de Transportes e Defesa Social da Prefeitura, Junior Vendemiatti, e a delegada titular da cidade, Luciana Maria de Andrade Boteri. Nesta operação, a GCM contou com diversas guarnições, incluindo a equipe da ROMU Motos. Por parte da Polícia Civil, estiveram presentes nas operações diversos investigadores. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Civil realizaram no final da tarde da quinta-feira uma blitz na Avenida Avelino Capellato, fiscalizando os veículos que entravam no município.

Já durante a noite, o foco foram alguns bares do município e setores com maior incidência de queixas por parte dos moradores. Esse trabalho percorreu a região da Capela, incluindo as imediações do Portal da Esperança, o Bairro Casa Verde, a Nova Vinhedo, o Jardim Florence, o Jardim Miriam, a Vila João XXIII, o Jardim Eldorado, o Jardim Panorama e o Portal do Cristo.

De acordo com o secretário Junior Vendemiatti, esse trabalho conjunto será realizado de forma rotineira. “Nessas operações, tanto nos blitze, quanto nos bares e em abordagens nas ruas, verificamos se os averiguados são procurados, procuramos armas e drogas, averiguamos a documentação dos veículos para ver se há queixas de furto ou roubo, enfim, o objetivo é sempre garantir a segurança do cidadão de bem”, salientou.

O prefeito Jaime Cruz tem incentivado fortemente essas ações conjuntas. “No dia da minha posse, determinei que fosse criado o Gabinete de Gestão Integrada (CGI), que será efetivado nos próximos dias, no começo de abril. O objetivo com essa medida é exatamente estabelecer um sistema de integração entre a Secretaria Nacional de Segurança Pública, a Secretaria de Segurança Pública do Estado e a Administração Municipal e identificar os principais fatos que influem na criminalidade e violência na cidade e propor soluções para essas demandas”, salientou o prefeito.

É importante considerar quais serão os resultados dessas ações, se realmente estão sendo feitas de modo estratégico ou apenas para inglês ver, já que ouve certo clamor da população no começo do ano por conta de furtos e assaltos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.