Itatiba implementa medidas de auxílio aos comerciantes

Nova regra emergencial para Zona Azul e suspensão de prazos para alguns tributos municipais passaram a vigorar no último dia 13

Desde o último dia 13/03 foram implantadas pela Prefeitura de Itatiba duas medidas de imediato para minimizar efeitos econômicos trazidos pela Fase Emergencial, a mais rígida do Plano São Paulo, em vigor em todo o Estado desde esta segunda-feira, 15/03. 

Com o endurecimento das medidas de combate à Covid-19 inclusive ao comércio, a Prefeitura de Itatiba negociou junto à Estapar – que opera o sistema de estacionamento rotativo do município – e conseguiu flexibilizar o pagamento da Zona Azul. Com o objetivo de facilitar o acesso ao sistema de venda ‘drive thru’ do comércio em Itatiba, desde o último dia 13, sábado, o motorista que parar em vagas da Zona Azul, acionando o pisca alerta e ficando dentro do carro, não precisa pagar o estacionamento. 

Também desde sábado entrou em vigor o Decreto Municipal 7527/2021 que suspende, por tempo indeterminado, os lançamentos e os prazos de vencimento da Taxa de Licença de Funcionamento (Alvará) e o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) por Alíquota Fixa, no município. A medida visa auxiliar todas as faixas de empreendedores – de todos os segmentos – a ter maior fôlego financeiro para atravessar esse momento mais crítico. 

Para o prefeito Thomás Capeletto de Oliveira, esses esforços municipais impactam de forma positiva na vida dos cidadãos de Itatiba de uma forma geral. “Sabemos que não são muitas medidas, mas que muito podem ajudar nossa população nesse momento tão difícil. É a forma que encontramos, de pronto, de trazer mais possibilidades ao nosso comércio, indústria e prestação de serviços, de poderem continuar se mantendo, e à nossa população, de poder consumir da forma que é possível nesse momento, sem ter que pagar a mais por isso”, afirmou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.