A taxa do lixo já existe à mais de dez anos em cidades como Indaiatuba, Jundiaí, Cabreúva, Vinhedo e várias outras cidades da região assim como na maioria das cidades do país. Os valores cobrados nas cidades da região chegam a R$2,90 por metro quadrado.

Itupeva discutiu em uma sessão extraordinária e aprovou a criação da taxa do lixo no município. O valor será de R$1,24/M2 (um real e vinte e quatro centavos por metro quadrado de área edificada). Esse valor irá constar no próximo carnê do IPTU e poderá ser parcelado em até 10 parcelas.

Comparação dos valores na região:

JUNDIAÍ: Cobra a mais de 10 anos; os preços cobrados variam de R$ 0,96 a R$ 2,90, considerando zoneamento

INDAIATUBA: Cobra há mais de 10 anos; os preços cobrados variam de
R$ 1,25 (residencial) R$ 1,47 (comercial) e R$ 2,94 (industrial).

VINHEDO: Cobra há mais de 10 anos; preço de R$2,25 (residencial), R$3,37 comercial

CABREÚVA: Cobra há mais de 10 anos; preço médio de R$ 1,13

COMO SE CHEGOU NESSE VALOR EM ITUPEVA ?

Em documentos enviados à Câmara Municipal apuramos que o critério para se chegar no valor foi por rateio, ou seja, todo valor gasto com a coleta e destinação do lixo é dividido pela área edificada do município.

QUAL O GASTO DE ITUPEVA COM O LIXO?

Em Itupeva, o gasto estimado para este ano é de R$ 4.867.747,80 anuais. Com a arrecadação desta taxa esse valor deve ser investido em outras áreas essênciais do município como saúde, educação, segurança e infra-estrutura.

É importante ressaltar que Itupeva não dispõe de local apropriado para destinação e tratamento dos resíduos sólidos domiciliares, sendo todo o material transferido para Paulínia (SP) – situação que encarece ainda mais.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.