Louveira suspende retorno às atividades presenciais na rede municipal de ensino

Volta às aulas estava prevista para o dia 1º de março. Cidade é a quarta da região a optar pelo adiamento.

A Prefeitura de Louveira (SP) suspendeu a volta às aulas presenciais na rede municipal de ensino, prevista para 1º de março, por conta do aumento dos casos de Covid-19 no estado. A administração ainda não divulgou uma nova data para o retorno. 

No último boletim divulgado pela cidade na terça-feira (23), Louveira confirmou 1.785 casos e 30 óbitos causados pela doença. A taxa de ocupação de leitos de UTI informada no mesmo dia era de 60%. 

Adiamento em outras cidades

Com a decisão anunciada na quarta-feira (24), Louveira se junta àsoutras cidades da região que também optaram pelo adiamento da volta às aulas. Valinhos, que segue com taxa de ocupação de 100% nos leitos de UTI para Covid-19 desde janeiro, prevê o retorno para 5 de abril, assim como Paulínia e Vinhedo. 

A Santa Casa de Vinhedo também atingiu 100% de ocupação dos leitos na quarta. A UTI geral opera com 83% da capacidade de atendimento. Por causa do cenário crítico, o governo estadual determinou restrição de circulação de pessoas em todos os municípios de São Paulo entre 23h e 5h a partir da próxima sexta-feira (26). A medida vale até 14 de março. 

Louveira, seguindo a determinação, manterá apenas os serviços essenciais, como supermercados, farmácias e postos de combustíveis, em funcionamento durante a noite. Bares e restaurantes também poderão abrir até 23h.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.