Nova atualização do Plano  São Paulo coloca cidades em regime flexível de plano de retomada

Em coletiva de imprensa nessa sexta, 22, o Governador João Dória anunciou a regressão de diversas cidades para fases do Plano São Paulo com maiores restrições das atividades comerciais.

O Estado de São Paulo apresenta nesse momento 1 óbito a cada 6 min de COVID 19, segundo Jean Carlo Gorinchteyn, além disso, segundo Jean a alta ocupação das UTI’s e a alta transmissibilidade levam o Estado a tomar medidas mais drásticas.

Governo do Estado de São Paulo

Desta vez então o governo traz regras mais restritivas de isolamento social. A partir da noite desta sexta-feira, todo o estado deve entrar na Fase Vermelha de restrições. A região só retoma à fase que estava na segunda-feira.

O Plano São Paulo é o programa de flexibilização de atividades imposto pelo governo do estado desde o início da pandemia. O plano está condicionado aos índices de novos casos, internações e óbitos por Covid-19 nas regiões do estado e permite a reabertura econômica das regiões de forma gradual.

O programa divide o estado em regiões, e cada uma delas é classificada em uma fase. São cinco delas, que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (Vermelha) a etapas identificadas como controle (Laranja), flexibilização (Amarela), abertura parcial (Verde) e normal controlado (Azul).

Governo de São Paulo

De acordo com o governo, a nova reclassificação funciona de forma diferente: a região passa o dia na fase em que estava normalmente e, após às 20h, entra na Fase Vermelha. Nos finais de semana e feriados, a Fase Vermelha perdura ao longo do dia inteiro.

Na fase vermelha, apenas serviços essenciais como padarias, mercados, farmácias e bancos podem operar. Bares, restaurantes e o comércio em si não poderão funcionar. A medida do estado visa endurecer o isolamento, ao fechar todos os serviços não essenciais durante a noite e durante os finais de semana para evitar aglomerações.

Desse modo, Valinhos, Vinhedo, Louveira e Itatiba, cidades cobertas pelo Cicerone estariam durante o dia na fase Laranja e durante a noite e finais de semana na Fase Vermelha.

Governo do Estado de São Paulo

A próxima reclassificação está marcada para 08 de Fevereiro, a equipe que acompanha os indicadores não descartam novas medidas restritivas caso haja agravamento.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.