Durante a tarde desta quinta-feira, 29, a Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Saúde, recebeu a confirmação do Instituto Adolfo Lutz Central, da Secretaria Estadual de Saúde, do primeiro caso de febre amarela no município. Trata-se de um morador da região da Vila João XXIII, que morreu no Hospital da Unicamp no último dia 21 e teve os primeiros sintomas no início do mês.

Segundo a Prefeitura o morador que contraiu a doença, de 62 anos de idade, não havia tomado a vacina da febre amarela. A Secretaria de Saúde afirma que é um caso importado, ou seja, não foi contraído em Vinhedo. Eles se baseiam na campanha de vacinação realizada na cidade. A Prefeitura ainda aguarda o resultado de exames de outros dois casos suspeitos, de pacientes que não vieram a óbito.

Em 2017, a Prefeitura de Vinhedo vacinou 41.026 pessoas, dentro de uma grande campanha não somente nas UBSs, mas também nas áreas rurais da cidade. Em 2018, foram imunizados mais 7.721 cidadãos.

Considerando as vacinações desde o ano 2000, já foram realizadas em Vinhedo 90.609 imunizações, número bem superior à população atual da cidade, de aproximadamente 75 mil habitantes.

A vacinação ocorre na UBS Planalto, Policlínica da Capela, UBS Von Zuben, UBS Vila João XXIII, UBS Três Irmãos, UBS Casa Verde e Centro Médico São Matheus, das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira. Todos os locais têm a vacina disponível. É importante que se tenha a carteirinha de vacinação em mãos. A febre amarela é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, o mesmo transmissor da dengue.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.