Para auxiliar pequenos empresários, comerciantes e quem quiser formalizar seu negócio e tornar-se um MEI – Micro Empresário Indiviual, a Prefeitura de Vinhedo, por meio da secretaria de Indústria, Comércio e Agricultura, está trabalhando na criação da Sala do Empreendedor, que funcionará no mesmo prédio do Posto de Atendimento ao Trabalhador, na rua Monteiro de Barros, 101, no centro.

O objetivo é oferecer suporte e orientação para instalação de micros e pequenas empresas de todos os setores e ajudar quem está na informalidade a tornar-se um MEI – que é uma forma muito simples e de baixo custo para regularização da situação profissional. Na sala do empreendedor, o pequeno empresário poderá ainda, obter empréstimo junto ao Banco do Povo para iniciar, regularizar ou ampliar o negócio em Vinhedo.

“Queremos estimular a economia local oferecendo a esses pequenos empresários condições para que eles gerem emprego e renda em Vinhedo. Hoje em Vinhedo é possível abrir uma empresa em um curto espaço de tempo pelo SIM Empresa Fácil e isso faz toda a diferença para a economia”, afirma o secretário de Indústria, Comércio e Agricultura, Marcos Ferraz.

No Banco do Povo, qualquer Micro Empresa, Micro Empresário Individual (MEI) ou trabalhador autônomo de Vinhedo pode realizar empréstimos com uma baixa taxa de juros, 0,35% ao mês, e com prazo de pagamento em 24 parcelas fixas para pessoas físicas e 36 parcelas fixas para pessoas jurídicas. O recurso pode ser utilizado, por exemplo, na abertura e regularização de empresas, compra de mercadorias e matérias primas e compra e conserto de máquinas e equipamentos.

 

 SIM Empresa Fácil

 A Prefeitura Municipal de Vinhedo com o intuito de modernizar a administração municipal lançou o SIM Empresa Fácil, sistema que agiliza o processo de abertura, alteração cadastral e encerramento de empresas.

 O SIM Empresa Fácil disponibiliza o sistema de abertura de empresa on-line que analisa automaticamente o estabelecimento da empresa considerando a legislação de Uso e Ocupação de Solo e o Grau de Risco das Atividades Econômicas. Após a finalização do processo eletrônico, o sistema envia o processo para o Setor de Tributação que valida ou não a declaração. Ao validar, o contribuinte é informado da situação do processo e recebe, por e-mail, o número da inscrição municipal, usuário e senha de acesso ao sistema e o Alvará Provisório para funcionamento.

A partir da aprovação da declaração, feita pelo Setor de Tributação, o sistema emite as solicitações de vistoria para os órgãos responsáveis automaticamente. O contribuinte aguarda a visita do órgão responsável em seu estabelecimento e o seu parecer para retirar o Alvará Definitivo.

 

Fonte: Prefeitura de Vinhedo

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.