Vinhedo começou a vacinar  idosos de 79 a 77 anos

A Secretaria de Saúde de Vinhedo começou a partir desta quarta-feira (3) a vacinação de idosos com 79 a 77 anos, de acordo com a disponibilidade das vacinas enviadas pelo governo estadual e através de agendamento feito para os inscritos no cadastro municipal (bit.ly/vacinasaudevinhedo). Os moradores serão agendados conforme a ordem de inscrição no cadastro e serão informados do local e horário por e-mail.

A Saúde de Vinhedo recebeu na terça-feira (2) do governo estadual 270 doses da Butantan/Sinovac para aplicar a primeira dose nos moradores de 79 a 77 anos. A quantidade equivale a um terço da população dessa faixa etária estimada na cidade.

Moradores de 79 a 77 anos que não puderem ser vacinados nesta etapa devem aguardar a liberação de novos lotes de vacina pelo governo estadual e devem se inscrever no cadastro municipal.

A Saúde também recebeu nesta terça-feira (2) lotes da segunda dose das vacinas Butantan/Sinovac para os profissionais de saúde e idosos acima de 90 anos, que será aplicada de quarta-feira (3) a sábado (6) em sistema de drive thru, no Parque Municipal Jayme Ferragut. É imprescindível a apresentação do comprovante da primeira dose da vacina. Sem o comprovante, o morador não receberá a segunda dose.

As 720 vacinas para a segunda dose dos profissionais de saúde serão aplicadas na quarta (3), quinta (4) e sexta-feira (5), das 16h às 19h, no drive thru no Parque Municipal. Eles serão divididos em três grupos.  Na quarta-feira serão vacinados os profissionais de saúde que têm o primeiro nome iniciado com as letras de A a J.

Profissionais de saúde com o primeiro nome iniciado com as letras de K a Q receberão a segunda dose na quinta-feira e na sexta-feira serão vacinados os que têm o primeiro nome iniciado pelas letras de R a Z. A divisão foi feita para evitar aglomeração e longas filas de espera.

A segunda dose dos idosos acima de 90 anos será aplicada no sábado, das 9h às 16h, também em drive thru no Parque Municipal. Vinhedo recebeu 370 doses para esse público. A Secretaria de Saúde informa que a segunda dose desses dois grupos está sendo aplicada dentro do prazo de 28 dias recomendado pelo fabricante.

80 a 85 anos

No fim de semana, a Saúde de Vinhedo aplicou 790 vacinas Oxford/Astra-Zeneca em sistema drive thru, no Parque Municipal Jayme Ferragut, para idosos de 80 a 85 anos. As vacinas esgotaram na tarde do domingo e cerca de 100 idosos de 80 a 85 não puderam ser imunizados.

A Secretaria esclareceu que a Vigilância em Saúde do governo estadual determinou que as doses recebidas nesta terça-feira não podem ser usadas para vacinar os idosos de 80 a 85 que ainda não foram imunizados e terão necessariamente que ser aplicadas na população com 79 a 77 anos.

Segundo a Vigilância Estadual, os idosos de 80 a 85 anos devem esperar um novo lote de vacinas, assim como os idosos com 79 a 77 anos que não estiverem entre os 270 vacinados nesta semana.

Compra de vacina

Vinhedo aderiu nesta segunda-feira ao consórcio de municípios para comprar vacinas contra a covid-19 em uma reunião com mais de 300 prefeitos realizada no fim da tarde pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

O consórcio vai permitir que os municípios comprem a vacina caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do governo federal, não consiga atender à demanda e não forneça doses suficientes para a população.

Nesta semana, Vinhedo deve formalizar a adesão e encaminhar à Câmara Municipal um projeto de lei que autoriza o Executivo a participar do consórcio público e comprar as vacinas. A FNP vai coordenar a instituição consórcio e orientar sobre os trâmites a serem adotados por cada cidade.

De acordo com o Plano Nacional de Imunização, a obrigação de adquirir vacinas para a população é do governo federal. No entanto, diante da situação de urgência para a retomada segura das atividades e da economia, o consórcio é uma alternativa para acelerar o processo de imunizar a população.

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a compra de vacina pelos municípios caso o governo federal não atenda os moradores. Até esta terça-feira (2), dez vacinas estão aprovadas e disponibilizadas e cerca de 240 estão em teste.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.