Os municípios com menos de 100 mil habitantes reúnem 83% dos postos de trabalho abertos na região em 2016, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Segundo o balanço, as cidades que conseguiram gerar empregos abriram 5.754 vagas, sendo que, destas, 4.818 estão concentradas em cidades pequenas. Os números são referentes ao levantamento do órgão de janeiro a maio deste ano.

Entre as dez cidades que mais abriram postos de trabalho na região neste ano, Vinhedo lidera a lista com 1.049 vagas, seguida de Itapira (SP), com 705 novas oportunidades. Isso mostra a força do municipio de Vinhedo e sua capacidade de manter e trazer novos empreendimentos e indústrias, criando-se assim mais vagas de trabalho.

No entanto, os grandes centros da região estão na contramão das cidades menores e registraram fechamento de vagas de janeiro a maio deste ano, de acordo com o Caged. Campinas , por exemplo, perdeu 6.791 postos nos cinco meses de 2016, enquanto Piracicaba (396), Americana (680), Limeira (463) e Sumaré (366) também tiveram queda.

O economista Roberto de Carvalho disse que a crise econômica favorece a geração de empregos em municípios menores. “Com a crise econômica, as pessoas buscam cada vez mais diminuir os custos, o aluguel é menor, a mão de obra é mais barata, os incentivos fiscais também ajudam. Por isso, a tendência é que as cidades menores gerem mais vagas mesmo”, disse.

Fonte: G1

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.