O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou na última terça feira a lista de convocados para representar o Brasil nos Jogos do Rio. No recém-inaugurado Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, a entidade definiu a maior delegação já enviada pelo Brasil para o evento, com 278 atletas.

O País terá pela primeira vez na história representante em todas as 22 modalidades que compõem a Paraolimpíada. No total, serão 181 homens e 97 mulheres com o objetivo de ficar entre os cinco melhores no quadro geral de medalhas, meta traçada pelo próprio CPB após a sétima posição em Londres, em 2012.

O número de integrantes da delegação é ainda maior se for levado em conta o elenco de apoio. Serão 16 atletas-guia (atletismo), três calheiros (bocha) e mais dois goleiros (futebol de 5), além do auxílio de 195 oficiais técnicos, que completam as 494 pessoas que irão compor a delegação do Brasil na Vila dos Atletas, no Rio.

Entre os chamados, alguns grandes destaques do esporte paralímpico brasileiro nos últimos anos, como os multicampeões Daniel Dias, Clodoaldo Silva e Andre Brasil, na natação, e Terezinha Guilhermina, Yohansson do Nascimento e Alan Fonteles, no atletismo. Dos convocados, 44 atletas, de 11 modalidades, já conquistaram medalhas em Paralimpíadas e agora tentarão repetir o feito no Rio.

Os Jogos Paralímpicos do Rio terão início em 7 de setembro, com encerramento previsto para o dia 18. Serão mais de quatro mil atletas de 176 países diferentes na disputa de 528 medalhas.

 

Vinhedo nas Paraolimpiadas

A Atleta Raquel Viel da natação foi destaque na convocação, irá representar Vinhedo nos Jogos Paraolimpicos. O atleta Luis Cavalli foi cortado pelo departamento médico da equipe de Rugby de cadeiras de roda, porém esteve listado para compor a equipe durante toda a preparação para os Jogos. A Equipe CICERONE parabeniza os dois pelas conquitas, não importanto os resultados podem ter certeza que a cidade já tem muito orgulho de vocês!

 

Um Pouco sobre as Paraolimpiadas

O que são 

As Paraolimpíadas são o equivalente das Olimpíadas tradicionais, porém ocorre a participação somente de atletas com deficiências físicas e sensoriais (exemplos: amputações, cegueira e paralisia cerebral) e deficientes mentais. As modalidades são adaptadas (tempo, quadras, equipamentos, pistas) às necessidades físicas dos atletas. Estes jogos mostram que, apesar da deficiência física, estas pessoas conseguem se dedicar aos esportes em nível profissional. É um exemplo de integração e inclusão social e esportiva para os portadores de necessidades especiais. Os Jogos Paralímpicos são organizados pelo Comitê Paralímpico Internacional com sede em Bonn (Alemanha).

 

Paraolimpíadas 2012

Ao fim dos Jogos Paraolímpicos de Londres, o presidente do Comitê Paraolímpico Internacional (IPC), Sir Philip Craven, não teve dúvidas em classificar os Jogos na Inglaterra com a “maior Paraolimpíada de todos os tempos”. A afirmação foi amparada por números incontestáveis, que demonstram o sucesso do evento. Para começar, foram vendidos 2,7 milhões de ingressos, um recorde, com várias provas tendo a capacidade de público esgotada. Os Jogos Paraolímpicos de Londres foram transmitidos para mais de 100 países, outro recorde. Apenas o Channel 4, canal inglês, destinou mais de 150 horas de cobertura das Paraolimpíadas, somando uma audiência de 39,9 milhões de pessoas (quase 70% da população da Inglaterra). Por fim, o torneio fez muito sucesso na internet. Durante os 12 dias de evento, 1,3 milhão de tweets mencioram a palavra “Paraolímpico” ou “Paralympic (em inglês)”. O site london2012.com teve mais de 25 milhões de acessos e mais de 5,8 milhões de pessoas baixaram o aplicativo London 2012 Paralympic App. As Paraolimpíadas de Londres também serviram para mudar a percepção que os britânicos tinham sobre temas relacionados a acessibilidade e a portadores de deficiências. Um em cada três adultos do Reio Unido mudou sua atitude em relação às pessoas com deficiências.

 

História 

As Paraolimpídas foram organizadas pela primeira vez em 1960 e aconteceram na cidade de Roma (Itália). Organizada pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), esta primeira edição teve competições dos seguintes esportes: esgrima, basquete, atletismo, tênis de mesa e arco-e-flecha. 

Na última edição, que ocorreu na cidade de Pequim em 2008, cerca de 4 mil atletas participaram. A China ficou em primeiro lugar no quadro de medalhas (89 de ouro, 70 de prata e 52 de bronze)

 

 

Fontes: Comitê Paraolimpico; Site Oficial das Paraolimpiadas de Londres 2012 e UOL

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.