Face aos acontecimentos envolvendo a greve dos caminhoneiros e as suas consequências, a Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Educação, divulgou nesse sábado que, na próxima segunda-feira, 28, seguirá suspenso o funcionamento das escolas e também das creches municipais.

A medida foi tomada por conta da situação das empresas que efetivam o transporte interno de estudantes que, por conta da falta de abastecimento de gasolina e combustíveis, estão com dificuldades em abastecimento e, assim, também podem não ter condições de atender aos alunos da Rede Municipal, e ainda para que não sejam prejudicados os pais e funcionários que tenham dificuldade em locomoção e, obviamente, pela segurança das crianças.

Também foram canceladas as aulas das Oficinas Culturais e das Escolinhas de Esportes que ocorreriam na próxima segunda-feira, 28.

Pelos mesmos motivos, a Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, cancelou o Tradicional Passeio de Rolimã que ocorreria neste domingo, 27. Para o próximo mês de junho, está mantida a programação. Além disso, a Secretaria de Esportes e Lazer cancelou as rodadas que estavam programadas para este final de semana dos campeonatos de futebol em andamento.

Na segunda-feira, a Prefeitura avaliará novamente a situação para definira programação dos dias seguintes.

 

Estado de Emergência

No final da tarde desta sexta-feira, 25, também por conta da paralisação nacional dos caminhoneiros, o prefeito Jaime Cruz decretou Situação de Emergência no Município de Vinhedo, especialmente por conta da necessidade da manutenção dos serviços públicos essenciais, em função do interesse público nos casos de emergência.

Pelo decreto, todas as empresas que comercializam combustíveis no município devem assegurar prioridade para atendimento dos serviços públicos essenciais, incluindo Saúde (transporte de pacientes, distribuição de insumos e medicamentos) e Segurança (Guarda Civil Municipal, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros).

O decreto permanece em vigor até que haja a normalização do fornecimento de combustível no município. Durante o final de semana, a Prefeitura avaliará outras questões decorrentes da crise ocasionada pela falta de combustíveis, entre elas, sobre o retorno ou não do funcionamento das escolas e das creches.

Em função desse decreto, a frota da Secretaria de Serviços Municipais está abastecida, assim como os caminhões da coleta de lixo da Litucera. Também foram abastecidos os carros que transportam pacientes para outras cidades e as ambulâncias da Secretaria de Saúde, e ainda os veículos da Guarda Civil Municipal.

Todas as secretarias municipais receberam recomendação de circulação da frota de veículos oficiais e locados, priorizando os serviços essenciais.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.