O dia do circo foi criado em homenagem ao palhaço Piolim, Abelardo Pinto, que comandou o circo Piolim por mais de trinta anos. Seu pai havia sido dono de circo quando Abelardo ainda era pequeno, local onde aprendeu a tocar violino, a fazer contorcionismos e acrobacias.

A data foi instituída em razão de seu nascimento, no ano de 1897, em Ribeirão Preto, no estado de São Paulo.Abelardo chegou a fazer espetáculos beneficentes, junto com um grupo de artistas espanhóis, que lhe deram o apelido de Piolim, que significa barbante, devido às pernas compridas e também por sua magreza.

Piolim era engajado com os movimentos artísticos e culturais, sempre preocupado em divulgar a arte como forma de expressão cultural. Foi homenageado pelos intelectuais da semana de arte moderna (Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfati, e outros) em 1922, como o maior artista popular brasileiro.

Em dois de agosto de 1931 recebeu uma homenagem de Mário de Andrade, através de uma crônica que demonstrava seu encantamento com a arte do circo de Piolim. Um dos maiores sonhos desse palhaço era montar uma escola circense, para manter as tradições artísticas e culturais do circo, mas morreu antes de concretizá-lo, aos 76 anos de idade, no ano de 1973.

A oriegm do circo é incerta, mas acredita-se que foi na China, onde pinturas de 5 mil anos já faziam refrências à acrobatas e contorcionistas. Em épocas mais recentes temos registros do Circus Máximos em Roma, que foi destruído por um incêndio e o coliseu tomou seu lugar. Desde o início a arte circense foi instuída como entretenimento para o povo. O Circo Moderno foi pela primeira vez estruturado na Inglaterra, por um oficial do exército. O espetáculo tinha muitas manobras com cavalos e foi ganhando corpo ao longo do tempo, inovando nas apresentações.

O Circo mais comtemporâneo foi tomando a cara que vemos hoje depois que a arte circense foi organizada em um conhecimento. Existem escolas de circo e hoje são grandes espetáculos. Em Vinhedo o Circo tradicional Stancovitch fica até dia 28 de Março com apresentações, e vale a pena sempre ver um espetáculo como esse. A figura do palhaço, que ainda é algo que nos remete ao humor é uma das mais apreciadas e sua arte é um show a parte.

Tem experiências marcantes com o circo? conte para nós!

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.