A polêmica chamou atenção e foi notícia em quase todos os meios de comunicação, pois cada um escolheu como denominar os jogos

Segundo pesquisa feita pela BBC o Comitê Paralímpico Internacional sugeriu a mudança do nome dos jogos em 2011 de Paraolimpico para Paralímpico. A justificativa, a princípio seria que desde sua origem o comitê utiliza a palavra em inglês “Paralympics”, junção de “paraplegic” mais “olympics”. Mas que apenas em 2011 decidiu uniformizar para o português.

A questão é que no Brasil apenas recentemente, com o Rio de Janeiro sendo sede dos jogos passamos a dar importância para a modificação. Outros países já usavam a forma paralimpico normalmente, como:Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Segundo especialistas da língua portuguesa, a mudança do termo não deve ser bem recebida, pois gramaticalmente e normativamente está errado. Quando há junção de “para” mais uma palavra o que deve ser suprimida é a última vogal do prefixo, nesse caso o “a”, e não a primeira vogal do sufixo. Desse modo Paraolimpíada não está errado, mas não será usado pelo Comitê Paralímpico Internacional. Porque no inglês não há problemas com a supressão.

O jornal Folha de São Paulo decidiu não usar o novo termo, pois não concorda com essa influencia na língua. Existe ainda outra questão que é a uniformidade para venda de produtos e constituição da marca. O Comitê precisa para fins publicitários, de transmissão, confecção de produtos entre outros de apenas uma marca para veicular.

O CICERONE vem usando o termo Paraolimpíadas, pois é o termo que sempre foi utilizado e não houve uma mudança substancial na sua utilização. A gramática normativa se adéqua à gramática falada, desse modo se os falantes da língua portuguesa passarem a entender que Paraolímpico está mais correto que Paraolímpico, passaremos a utilizar. Por enquanto não se preocupe, ainda não há consenso.

 

Texto: Thiago Tonus

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.